CAVALEIRO DE LETRAS

GUARDADOR DE SONHOS

 

   «O esconjurado cavaleiro cavalgou por letras do passado e do presente, trespassando a dor do futuro na epifania no sonho guardado. Morre na utopia e na poesia renasce, juntando o corpo à alma, na demanda do seu processo evolutivo, porque o espírito não tem senão uma companheira, a verdade; persegue-a, atravessa o invólucro invisível das coisas para alcança-la além, do seu esconderijo escuro.»

 

A esperança é uma antecipação da felicidade sonhada.

 

Cavaleiro de Letras Guardador de Sonhos, remete-nos para um mundo harmónico de prosa e poesia. Com a voz única que João Murty nos habituou, o autor entrelaça os sonhos na sensibilidade e deixa fluir as histórias poéticas por caminhos que descrevem a saudade, a solidão, a esperança, as palavras musicadas da sua musa e o grito inconfundível do silêncio. As letras são cavalgadas texto após texto e o livro é lido num sopro, porque nos prende da primeira à última página.

 

* * *

«É difícil descrever, num diminuto espaço, toda a magia com que ficamos repletos ao ler esta obra que, também, é abrangida por levíssima sensualidade, que dá sentido à musa da vida e mais luz à tonalidade dos sentimentos, que pululam à volta de quem ama um bom livro»

Glória Marreiros

 

 

 


João Murty poeta e escritor de Lagos